Notícia

Revista DBO: conversa rápida com RICARDO CARNEIRO

PUBLICADO EM 05 de agosto de 2019 Voltar
Imagem principal

Reconhecido pela seleção de animais Puros de Origem (PO) da linhagem ARENAS com a Senepol SOLEDADE, o pecuarista Ricardo Carneiro apresentou seu trabalho com exemplares Puro por Cruza (PC), realizado há quase duas décadas, em Santana do Araguaia, PA, no primeiro leilão da SENEPOL TAMÁ. O remate, realizado na tarde de 16 de julho, teve a maior oferta da raça no ano, com 181 exemplares vendidos por R$ 1 milhão.

Foco da vitrine, os exemplares PC registraram médias de R$ 7.504 para touros e de R$ 6.492 para fêmeas. Também foram vendidos alguns lotes de animais PO e fêmeas S1 (tricross) prenhas ou com bezerro ao pé. Em entrevista rápida à DBO, Ricardo Carneiro avalia a movimentação no remate e dá mais detalhes sobre seu trabalho de seleção.

Como surgiu o Senepol Tamá?

Esse projeto existe há mais de 20 anos no Sudeste do Pará. Comecei fazendo uma série de cruzamentos de matrizes Nelore com touros de raças continentais. Por volta do ano 2000, passamos a utilizar touros Senepol em cima de matrizes F1 (Nelore x Simental ou Blonde). Rapidamente, observamos que os animais oriundos desse processo nasciam leves e ganhavam peso rapidamente. Com isso, resolvemos incorporar o Senepol e passamos a produzir animais PC. Hoje, temos cerca de 800 fêmeas em nosso rebanho PC e comercializamos entre 150 e 200 touros por ano.

Por que decidiu trabalhar com animais PC?

Acredito muito nesse tipo de Senepol “temperado”, totalmente adaptado ao Brasil, pois ele une a rusticidade da raça caribenha e do gado Zebu com o frame de raças continentais. Por ter porte mais alto, esses animais são excelentes para uso em cruzamento industrial, principalmente em regiões como o Pará. Nos últimos anos, levamos alguns animais PC para participar do Centro de Performance da CRV Lagoa e os touros tiveram desempenho 10% - 15% acima da média geral dos animais PO. Esses animais são o futuro do Senepol.

Como avalia o desempenho do remate?

Foi extremamente positivo e nos surpreendeu bastante. Tivemos 100% de liquidez e uma boa valorização por um Senepol produzido a campo. O mercado entendeu que se trata de um animaleficiente e totalmente adaptado ao clima quentee forte do Brasil, oriundo de 20 anos de seleção. Agora, vamos nos programar para tornar esse remate anual.

FONTE: Revista DBO - Julho 2019 (página 112)

 

 

 

 

Whatsapp